Se não conseguir visualizar esta mensagem corretamente clique aqui.
Topo

PANAMÁ (CIDADE DO PANAMÁ) E COSTA RICA (SAN JOSÉ)

27 de Outubro a 2 de Novembro de 2019

FINANCIAMENTO A 50% PORTUGAL 2020 E COMPETE 2020

 

Exmo. Senhor Empresário,

A AEP - Associação Empresarial de Portugal, no âmbito do programa PORTUGAL2020 e COMPETE2020, Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, encontra-se a promover uma Missão Empresarial ao Panamá com extensão à Costa Rica, a realizar-se de 27 de Outubro a 2 de Novembro de 2019.

Porquê estes Países?

A abordagem a estes dois Países fundamenta-se na estabilidade económica e nas perspetivas que estes mercados Centro Americanos apresentam no que vai ser o paradigma do comércio nestas regiões, fundamentalmente assente na sua posição geo-estratégica.

Porquê a Costa Rica?

 - É uma economia que tem melhorado significativamente e os indicadores apontam para a continuidade do crescimento.

-  O governo implementou um plano de sete anos destinado à expansão da indústria em geral e com relevância no setor da alta tecnologia, o que contribuiu para que o País acolhesse grandes projetos multisetoriais- 

-  É um país estável e um local de investimento atraente, muito dependente do turismo e da agricultura, mas com excelentes perspetivas nas áreas elétrica, produtos minerais, metais comuns, materiais plásticos, madeiras e outras matérias fibrosas. O setor têxtil tem merecido especial relevo em matéria de importações.

 

Porquê o  Panamá?

- Porque goza de uma posição estratégica que lhe permite ser um dos principais centros logísticos a nível mundial, com o Canal do Panamá como eixo principal.

 

- Conta com a Zona Livre Colon (ZLC), a mais importante do Hemisfério Ocidental, com um intercâmbio comercial anual de mais de 12 Biliões de dólares.

 

-Porque o Panamá deverá continuar a ter o melhor desempenho na América Central e um dos melhores na América Latina.

- Os investimentos em infraestruturas (expansão do Canal, construção de uma nova linha de metro na Cidade do Panamá, expansão do aeroporto, reabilitação do sistema rodoviário) e no setor mineiro (projeto Cobre Panamá) deverão constituir os principais motores do crescimento económico ao longo do ano em curso, o que trará uma inexorável oportunidade para todas as empresas da fileira da construção, energia, saúde e por relação aos setores da saúde, da tecnologia, do turismo e do agroalimentar.

- O consumo privado, apoiado pela facilidade de acesso ao crédito bancário deverá continuar robusto.   

Esta missão multisetorial, terá como objetivo facultar às empresas Portuguesas o estabelecimento de contactos com empresas Panamianas e  Costa-Riquenhas, através de reuniões previamente agendadas. Desta forma, as empresas portuguesas terão a possibilidade de, in loco, compreender as necessidades mais emergentes e perceber as potencialidades que estes países proporcionam nos vários setores de atividade. Neste contexto, somos a convidar a V/ empresa a integrar a representação portuguesa e a participar nesta missão, para o qual se solicita o envio do Formulário de Inscrição on-line.

Prazo de Inscrição - Até 15 de Setembro de 2019 (Inscrições Limitadas)

Para qualquer informação adicional, poderá contactar:

Miguel Matos  Mercados Internacionais

 Tel: (+351) 229981784 | Fax: (+351) 229981774

 mailto:miguel.matos@aeportugal.pt www.aeportugal.pt

 

 

 

 
 
 
 
 
 
Ⓒ AEP 2019 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | ALL RIGHTS RESERVED